Notícias

Publicação da II Edição da Revista Paraense de Contabilidade

2017-09-28

Foi publicada hoje, a segunda edição da RPC.

Convidamos a todos,  profissionais, estudantes e acadêmicos de contabilidade a submeterem seus artigos para serem avaliados para as próximas edições.

Nossa tiragem é semestral e a próxima edição sairá em dezembro de 2017.

Atenciosamente,

Prof. Dra. Marcia Athayde

Editora-chefe da RPC

Saiba mais sobre Publicação da II Edição da Revista Paraense de Contabilidade

Edição atual

v. 2 n. 1 (2017): Revista Paraense de Contabilidade
Orla fluvial de Altamira - Pa.

Editorial

Com a obtenção do ISSN e o lançamento da segunda edição da Revista Paraense de Contabilidade, entramos no circuito nacional da divulgação científica da ciência contábil. A recepção de artigos entra em fluxo contínuo e a produção da revista se profissionaliza.

Um ponto de destaque nessa segunda edição é a multicultura que a revista promove. Autores paraenses de várias cidades, como Belém, Santarém e Marabá, além de autores de outras unidades da federação, como Minas Gerais e Rio Grande do Sul, demonstra o alcance e a inserção da revista na comunidade científica regional e nacional.

Ao total estão publicados nessa edição seis artigos que discutem a ciência contábil em distintas óticas e temas relevantes, capazes de despertar novas ideias para responder aos anseios da classe, ou mesmo promover a reflexão e a discussão sobre a ciência contábil.

O primeiro artigo propõe um ensaio teórico a respeito dos custos logísticos. É de consenso que o adequado gerenciamento dos custos logísticos é fundamental em qualquer organização, os quais influenciam diretamente os resultados da empresa como um todo, garantido, quando bem administrados, efeitos positivos.

No segundo artigo novamente os custos são objeto de discussão. A pesquisa discute os retornos crescentes da escala de produção e propõe uma simulação, a qual permitiu inferir, ao final, que o efeito econômico dos retornos crescentes de escala não é uma verdade absoluta, notadamente quando a informação desejada é direcionada ao usuário interno da informação.

O terceiro artigo versa sobre a auditoria e o controle interno. Discute os tipos de ferramentas que a auditoria interna possui para auxiliar os administradores e gestores na tomada de decisão, tendo como pano de fundo uma análise em uma empresa comercial.

O quarto artigo aprofunda a discussão sobre a auditoria, agora voltada para o setor público, um setor onde o controle, o monitoramento e o aperfeiçoamento é indispensável para melhoria do serviço público. Conceitua e discute o papel constitucional da auditoria governamental no controle das entidades públicas. O quinto artigo também caminha na área pública, analisando o estado da arte das pesquisas que tratam das associações de variáveis entre a arrecadação municipal e o IDH-M.

Por fim, o sexto artigo e último publicado nessa segunda edição versa em um tema estrito da contabilidade financeira, o ajuste a valor presente, investigando o nível de evidenciação contábil pelas empresas do Novo Mercado da BM&FBOVESPA, do ajuste a valor presente de ativos e passivos. Um tema interessante e inovador no âmbito da contabilidade praticada no Brasil.

Seis artigos de qualidade, e o Conselho Regional de Contabilidade do Pará - CRCPA, exercendo por meio da Revista Paraense de Contabilidade, seu papel de auxiliar no desenvolvimento profissional e de incentivo à pesquisa contábil.

Boa leitura,

 

Profa. Dra. Márcia Athayde Moreira

Editora-Chefe da Revista Paraense de Contabilidade

Publicado: 2017-09-28

Edição completa

Contabilidade Gerencial e Controladoria

Perícia e Auditoria Contábil

Contabilidade Governamental

Contabilidade Financeira, IFRS e Finanças

##journal.viewAllIssues##

A Revista Paraense de Contabilidade é uma publicação quadrimestral do Conselho Regional de Contabilidade do Pará e tem como objetivo incentivar e divulgar a produção científica na área das Ciências Contábeis, produzidas por pesquisadores, alunos, professores e demais profissionais do nosso estado, mas também de todo o Brasil, promovendo assim a disseminação do conhecimento produzido regionalmente, ambientados no Estado do Pará e na Região Amazônica, assim como pesquisas que retratem e discutam outras realidades de nosso País.